Gluck-Sgambati – Melody from Orfeo and Eurydice

janeiro 13, 2012 § Deixe um comentário

Nelson Freire playing Gluck / Sgambatti Melody from Orfeo and Eurydice on Royal Albert Hall, BBC Proms, London

 

 

 

lindo, lindo, lindo.

 

ai, criatura

abril 2, 2010 § Deixe um comentário

doze horas away

abril 1, 2010 § Deixe um comentário

fermata [ou ~tem um cheiro de chuva no meu quintal]

fevereiro 24, 2010 § Deixe um comentário


!    !

/um pouco a mais, um pouquinho a mais — além do necessário, e pouco demais pra eu poder me lembrar. hoje a chuva fincou meus sonhos no chão, dentro da lama, como essa coisa mesmo que vêm de um céu e pressiona o teto da gente pra alguma raiz que a gente não vê (mas se colocar a mão, percebe). como um quê de escondido, plantado e sem adubo, ao acaso e ao capricho, inocente, ten den ci o so. sempre. sempre. sempre. sempre.

tocando o fundo da garrafa, por dentro

dezembro 12, 2009 § 1 comentário

so,

dezembro 3, 2009 § Deixe um comentário

unsoundable

novembro 30, 2009 § Deixe um comentário

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com visual poems em Manter em cárceres privados..