um retrato [2]

abril 7, 2009 § Deixe um comentário

acredita na unidade

entre a terra e o céu.

 

tem necessidade de esperança

para respirar o instante.

 

      [ANTONIO, Severino[

Anúncios

um retrato [3]

abril 4, 2009 § 5 Comentários

nunca é de onde está,

mas sempre outro

e de passagem.

 

leva consigo três portas

e sete janelas antigas,

para fazer uma casa

do que ainda não existe

e precisa existir.

 

      [ANTONIO, Severino[

um retrato [1]

abril 2, 2009 § 8 Comentários

não sabe nadar.

não sabe cantar.

não sabe dançar.

 

gritar, quase nunca.

beijar, quase pouco.

 

carrega palavras

com alguma poesia.

 

   [ANTONIO, Severino[

sopro

março 19, 2009 § 2 Comentários

o namoro era com um rio ao meio.

ela de um lado, ele de outro.

entre as margens, os olhos e as ondas.

 

não podiam se falar, sopravam a água.

uma luz corrente ligava os lábios.

nos dois corpos o mesmo ar se respirava.

 

       [ANTÔNIO, Severino[

ao espelho

janeiro 30, 2009 § Deixe um comentário

I.

 

ao fazer a barba,

depois de tempos,

aumentam ou diminuem

os vãos de cinza e sonho

espalhados pelo rosto?

 

        [ANTONIO, Severino[

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com Severino Antônio em Manter em cárceres privados..