poema sem idéias

outubro 12, 2008 § 2 Comentários

 

De um tempo em que as idéias ainda não existiam

Apareceram alguns poemas sem idéias nenhumas

Que não diziam alguma coisa sobre alguma coisa

E nem mesmo nada sobre coisa alguma.

Tampouco diziam, mostravam ou calavam.

Desse tempo em que as idéias ainda não existiam

Alguns poemas sobraram para este nosso tempo.

E eles entoam assim:

 – nós somos as coisas vazias

 – somos isso, somos isso

 – nós somos vazios de coisas

 – somos isso, somos isso.

 

                     [JAFFE, Noemi[

Poema que eu sonhei

outubro 1, 2008 § Deixe um comentário

O vento brincava com o tempo

do célebre pensamento

-Quem é, perguntava, quem é? 

Não é nada não, é o vento.

 

O vento alugou um quarto 

do célebre pensamento

Já se vestiu, perguntava, já? 

Já, respondia  o vento.

                         [JAFFE, Noemi[

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com Noemi Jaffe em Manter em cárceres privados..