sem violinos

Eu inventei um cheiro bom pra tua pele

e fico gostando dele de longe.

Meu olho estacionado.

Vontade de lamber teu ombro.

Cansar a tua beleza

até que ela seja minha.

 

[KLEJNBERG, Michel[

 

 

//pra você que diz que esqueço “tudo de relevante”.

Anúncios

Um comentário em “sem violinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s