aqui

março 26, 2010 § 1 comentário

o pensamento mediano, a vontade, sorriso que não se mostra, de dentro, secreto, secreto. a falta de um fio contínuo que pudesse ligar alguma-coisa em coisa-nenhuma, mas há a presença. sentado na cama com frase atrás de frase e sua gata de companhia. penso se você dorme, huh, penso nas verdades nunca ditas

/é, você dorme, e quem diria,o silêncio é sempre o mesmo

Anúncios

Marcado:,

§ Uma Resposta para aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento aqui no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: