por uma noite de tédio [ou o fim do romance aos 16]

outubro 30, 2009 § 1 comentário

daria tudo — por mais uma noite de tédio, sem sair de casa, sem ânimo pra ver um filme, sem vontade de fazer ligações, sem nada, enfim, mas com tudo, .

quem sabe até não pensaria em você de novo, quem sabe eu não me arrependeria de ter dito de novo mais um “chega” pra mais uma pessoa, quem sabe eu até quisesse voltar atrás. quem é que fucking sabe se eu não ficaria desesperado por não te ter mais, e desejasse ter de novo a espera, a negligência, o impulso, a incerteza, a raiva, o ciúme, a pressão, o ócio, a desconfiança, as brigas e as reconciliações, a espera de novo, a sua maldita posição de dormir que prende o meu braço e não me deixa relaxar, a …

 

… pensando bem, eu não daria tanto assim não, acho que hoje eu só quero ficar à toa.

 

Anúncios

Marcado:,

§ Uma Resposta para por uma noite de tédio [ou o fim do romance aos 16]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento por uma noite de tédio [ou o fim do romance aos 16] no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: