não, não tenho nada

outubro 19, 2009 § 2 Comentários

— só um pouco de carinho guardado, uma cerveja gelada e mais algumas frases que ficaram por aqui depois que ela se foi.

— ah, vá; nem começa

um pouco de unha roída, de uma ausência forçada e de uma dor que não existe — de fato, nem existe — apenas pelo esporte de se lamentar por alguma coisa qualquer, tudo tudo tudo tem mais graça nas sagas dos heróis.

/e ninguém nunca tem nada mais a dizer.

Anúncios

Marcado:, , ,

§ 2 Respostas para não, não tenho nada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento não, não tenho nada no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: