Traduzir-se

setembro 22, 2009 § 2 Comentários

Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.

Traduzir-se uma parte
na outra parte
– que é uma questão
de vida ou morte –
será arte?

[GULLAR, Ferreira[

Anúncios

Marcado:, , , ,

§ 2 Respostas para Traduzir-se

  • lrp disse:

    já ouviu a Nara cantando isso? É com o Alceu Valença, algo assim. Ser em dueto faz a coisa ficar bem divertida e eles fazem uma brincadeira do tipo será arte ser a arte

  • ieda dias disse:

    Queria muito mandar uma foto pro Gullar, minha paixão. Meu poeta preferido. Fiz uma tatuagem que ficou linda, nas minhas costas, da palavra “Traduzir se.” Uma homenagem.
    Você poderia por favor me dar o endreço de email dele?
    Muito obrigada
    Ieda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Traduzir-se no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: