entendo bem, mas

julho 9, 2009 § 2 Comentários

que a própria parte do perdão que se dá propõe novos termos para o incansável silêncio destas ruas amarguradas; sendo que é nesta mesma madrugada que te ponho pra dormir – e basta. notou algo parecido com a não-necessidade de palavras?

similares, similares, ando em linha reta tendo o horizonte como fim

Anúncios

Marcado:

§ 2 Respostas para entendo bem, mas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento entendo bem, mas no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: