jihad [ou uma resposta à você que aguarda]

maio 9, 2009 § 1 comentário

desculpas sempre malvividas e uma espera por algo que não existe – e nem vai. 

 

por conta da casa, você não procura nada. por conta da casa, você acomoda. por conta da casa, você não consome nada, não quer nada, não fala nada. mas mesmo assim você sente, ou só recebe mesmo, com aquela apatia que você carrega desde a adolescência, com a perda das fábulas e dos primeiros-amores-pra-sempre. acho que sempre foi assim, essa coisa de se encostar na pessoa que não te faz perguntas, não procura saber sobre você de antes, só sobre você de agora. se o futuro aparece você também discute, todos discutem, nada acontece.

 

sem poemas, sem músicas, sem vinhos e jurupinga. sem nada que pudesse mascarar as mentiras por todo o tempo

 

/conformismos não servem de desculpa.

Anúncios

Marcado:,

§ Uma Resposta para jihad [ou uma resposta à você que aguarda]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento jihad [ou uma resposta à você que aguarda] no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: