o único menino vivo de nova iorque

abril 22, 2009 § 5 Comentários

dizem que pra ser homem de verdade, a gente faz que nem a música: levanta, sacode, dá a volta. dizem que homem que é homem, arranja meios pra vencer a dor. então temos uma guerra santa que finge o que não vê, que se esquece também do lado que pra ser homem de verdade é preciso deixar que essa mesma dor se aloje no peito e fique ali sem pagar aluguel, ao deus dará, tendo tudo que lhe convém. a gente se esquece que em grande parte dos casos, é preciso se deixar vencer e aguentar alguma dor, por menor que seja, pra que possamos conviver com alguma coisa além de nós mesmos, com alguma coisa do mundo e que temos que engolir. com alguma coisa de sincera e honesta, pelo menos uma vez na vida, nunca sabendo onde é que tudo aquilo vai parar.

 

 

/metade do tempo estamos indo e só não sabemos pra onde. [créditos a Simon&Garfunkel]

Anúncios

Marcado:,

§ 5 Respostas para o único menino vivo de nova iorque

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento o único menino vivo de nova iorque no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: