uma resposta para lembrar quem sou

março 23, 2009 § 3 Comentários

pensando no que disse uma certa sonâmbula insone:

 

e acho que o pó que tem no armário é que dá ao casaco o motivo de se estar ali. é acumulando fragmentos de tempo corrido que a gente sabe entender certos sentidos e desprazeres das coisas que gente preferiria nem chegar perto. ninguém abre a porta do armário pra perceber que o pó está mais ou menos grosso que ontem; a gente só entende aquilo que a gente deixa de lado, que não toca, aquilo que a gente faz questão de deixar à mercê do mundo pra poder ter um ‘quê’ de fábula e mundos nas pontas dos nossos alfinetes. obrigado

Anúncios

Marcado:

§ 3 Respostas para uma resposta para lembrar quem sou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento uma resposta para lembrar quem sou no Manter em cárceres privados..

Meta

%d blogueiros gostam disto: